O que é e como tratar Rinotraqueíte felina

julho 5, 2013 2 Comentários »
O que é e como tratar Rinotraqueíte felina



É uma doença bastante conhecida entre os veterinários e famílias que possuem gatos em casa. Causada pelo vírus Herpesvírus, a doença afeta principalmente o sistema respiratório, e é fácil de ser identificada, porém o tratamento pode durar várias semanas e não ocorrer melhoras. O vírus apresenta variações. Infelizmente, a doença é comum e costuma afetar todos os felinos. O Herpesvírus, não é resistente ao ambiente ou a produtos de limpeza. Não costuma sobreviver a temperaturas maiores que 37ºC, porém pode resistir durante um mês em temperaturas inferiores a 25ºC. É uma enfermidade típica de gatos domésticos, porém em alguns casos os felinos selvagens podem ser contagiados.

Katzenschnupfen_HerpesWikimedia Commons

Transmissão

A transmissão do vírus é feita de forma direta, ou seja, por meio da secreção de outros animais que estejam contaminados. Existem casos, que a contaminação ocorre pelo ambiente, porém somente em locais de grande altitude. É possível também que uma felina, possa transmitir o vírus para seus filhotes.


O vírus adentra nos gatos por meio do sistema respiratório e ocular. Então, multiplica as células do trato respiratório, causando necrose multifocal epitelial. A progressão continua até afetar os neurônios sensoriais (responsáveis por receber estímulos).

Sintomas

  • Os sintomas costumam ocorrer cerca de vinte e quatro horas após o início da contaminação. Ocorrem espirros, febre, conjuntivite, ceratite (inflamação da córnea), simbléfaro, salivação e uma alta carga de secreção. Em alguns casos, pode-se desenvolver uma broncopneumonia. Em casos elevados da doença, é possível observar úlceras pelo corpo do felino.
  • Dentre as complicações, está a rinite crônica. Os animais costumam sofrer vários episódios da doença respiratória em um curto período de tempo.  Isso ocorre devido à destruição do epitélio nasal, e ação de bactérias secundárias, como por exemplo, Clamydophila felis e Staphylococcus.

Diagnóstico

Katzenschnupfen_CaliciWikimedia Commons

Basicamente o diagnóstico é baseado pelos sintomas. Porém, em alguns casos é necessário fazer uma análise da secreção expelida pelos gatos. Também, é realizado um teste sanguíneo e biopsia para conclusão.

Tratamento

  • O tratamento é constituído em manter os felinos hidratados, já que os mesmos tendem a ficar dias sem comer ou ingerir água. A inalação é importante para tratar as secreções e aliviar a obstrução nasal.
  • Os antibióticos prescritos pelos veterinários são de grande importância. Pois, evita infecções secundárias.
  • Pomadas e colírios devem ser utilizados rapidamente caso o felino possua alguma ocorrência ocular. Isso evitará maiores complicações e até mesmo a cegueira.

Dicas de Prevenção

  • A doença costuma ser freqüente em filhotes, por esse motivo, animais adquiridos recentemente devem ser mantidos em isolamento por quarenta dias. A vacinação dos filhotes ocorre após a nova semana de vida. E após isso, deve ser aplicada anualmente. Esse é o melhor método para prevenção da doença.
  • Infelizmente, por ser decorrente do vírus herpes, assim como nos humanos não possuí ainda uma cura. Os episódios podem ocorrer diversas vezes, e devem ser tratados com urgência. Por ser uma doença comum em recém nascidos, evite que os mesmos tenham contato com outros animais. Afinal esta é uma das causas freqüentes de mortalidade.

WATERBOYshWATERBOYsh / Flickr

Seguindo as informações desse artigo, você saberá como lidar no caso de seu animal de estimação ser infectado. Boa Sorte!

Imagem destacada: angela n. / Flickr


Posts Relacionados

2 Comentários

  1. Zila Trigo 6 de novembro de 2013 a 15:34 - Reply

    tenho 5 gatos de 3 meses e todos estão gripados estão tomando antibiotico e não vejo melhora?

  2. Jaqueline Ribeiro 6 de fevereiro de 2014 a 12:31 - Reply

    Demora para ver melhora nos sintomas, cada gato responde de uma forma, uns ficam bons rápido outros demoram um pouco mais, peguei um gatinho de rua foi tratado com antibiótico, suplemento alimentar e vitamina C, receitados pelo médico veterinário o tratamento terminou e demorou 2 meses para desaparecer os sintomas, depois ficou ótimo de saúde e foi vacinado com a tríplice felina (lembrando que a rinotraqueíte não tem cura, você apenas tenta impedir com o tratamento o agravamento da doença, e que doenças oportunistas surjam).

Deixe uma resposta