Guia da espécie: Arara-canindé

abril 9, 2013 Nenhum comentário »
Guia da espécie: Arara-canindé



A Arara-Canindé é muito conhecida por sua bela combinação de cores e seu tamanho avantajado, podendo chegar a noventa centímetros de comprimento e 1,1 quilogramas. Se você nunca a ouviu de nome, certamente já a conhece de “rosto”, isso se deve ao fato desta raça ser muito apreciada como animal doméstico no mundo todo. Suas partes superiores são azuis, enquanto suas inferiores são amarelas, já a cabeça é verde, a garganta é negra e o seu rosto possui fileira de penas pretas e é coberto de penas brancas. Sua patas possuem dois pares de dedos opostos, fazendo desta ave uma excelente escaladora.

800px-Blue-and-yellow_Macaw_RWD2Wikimedia Commons

Características

Nome popular: Arara-Canindé, arara-de-barriga-amarela, arari, arara-amarela, arara-azul-e-amarela, araraí, canindé.


Nome cientifico: Ara ararauna

Localização: Da América Central ao Brasil, Bolívia e Paraguai.

Ordem: Psittaciformes

Família: Psittacidae

Gênero: Ara

Guia da espécie

Essa espécie é comumente encontrada em florestas de galeria, várzea com palmeiras, e também em interior e bordas de florestas altas (500 m de altitude). São encontradas em diversos lugares entre as Américas, do Sul e a Central.

Como a maioria das espécies, esta não deixou de sofrer baixas devido ao contato do homem, seja comercializando a mesma ou desmantando seu habitat natural. No entanto, devido a vasta localização de espécimes desta espécie, a Arara-Canindé não é considerado um animal com risco imediato de extinção.

Ara_ararauna_Luc_ViatourWikimedia Commons

Essas aves podem aparecer em bandos de até 30 indivíduos, mas costumam ficar em pares ou trios, mesmo quando estão em bando.

Essa ave é famosa por ser monogâmica e fiel. Uma vez formado um casal, eles nunca mais se separarão. Os casais costumam forma ninho a cada 2 anos e a fêmea pode por até 5 ovos, embora o normal seja 2. Os ovos podem levar 25 dias para se chocarem e o macho leva alimentos para a fêmea durante esse período. Como os filhotes nascem sem penas e indefesos, os pais levam alimentos que são regurgitados para eles durante 3 meses. Eles ainda levarão mais um ano antes de ganhar a independência completa.

Se alimentam de frutos e sementes de várias espécies. Preferem seus frutos verdes, independente das toxinas, aparência ou até mesmo o sabor que venham ter. Seus favoritos são: cocos de buriti, macaúba, babaçu, frutos de jatobá e pequi.

Cativeiro

Sua criação em cativeiro é realizada com relativo sucesso, e as aves podem chegar até a 70 anos de idade. Mesmo assim seus cuidados são trabalhos, já que é uma ave de grande porte e acima de tudo social. O criador deve ter muito tempo disponível para se dedicar ao animal que precisa de interação.

Seu bico é muito poderoso. Se mal criada, maltratada e também em períodos de reproduções, a arara-canindé poderá ferir seriamente seu agressor. Por isso todo o cuidado é importante com este e outros animais silvestres.

Como a maioria dos animais silvestres, se você deseja e pode adquirir um animal como esse, procure um criador credenciado pelo IBAMA. Certifique-se que a mesma possua uma anilha de identificação.

Schläfrige_Gelbbrustaras_(sleepy_Blue-and-yellow_Macaws)_Weltvogelpark_Walsrode_2010Wikimedia Commons

Cuide bem de seu animal

Respeitando a natureza da ave e suas necessidades básicas e sociais, o bichinho vai crescer saudável e bonito. Antes de adquirir esse ou outro animal silvestre, tenha certeza de que pode dar conta de suas necessidades, tirando isso com seu amor e atenção seu bichinho será muito feliz.

Boa sorte!

Imagem destacada: Wikimedia Commons


Posts Relacionados

Deixe uma resposta